TRÊS LAGOAS

TECNOLOGIA

WhatsApp enfim prepara função para impedir que conta seja roubada

Publicados

em

WhatsApp cria nova ferramenta de segurança
Unsplash/Mourizal Zativa

WhatsApp cria nova ferramenta de segurança

Os golpes para roubar contas do WhatsApp podem estar com os dias contados. A equipe do mensageiro está preparando uma opção para impedir que a linha seja tomada depois que o usuário oferece o código de seis dígitos enviado via SMS a criminosos depois de receber uma oferta falsa. É o que conta o WABetaInfo.

O recurso deu as caras na versão 2.22.17.22 do WhatsApp Beta para Android. Trata-se de uma notificação para aprovar a transferência da conta para um smartphone diferente, caso alguém solicite a migração em outro aparelho. Assim, será possível impedir que o número seja roubado por golpistas.

O alerta vai aparecer no celular conectado à conta logo após a solicitação da troca. Quando alguém digitar o código de seis dígitos para comprovar a autenticação, o app irá emitir a notificação “Permitir mover sua conta do WhatsApp para outro telefone?”. Em seguida, haverá opções para confirmar ou recusar a transferência.

O aviso ainda dá detalhes extras sobre o processo. Além da hora do pedido, será possível saber o modelo do aparelho usado para receber a conta. Assim, caso a mudança seja legítima e não fruto de um golpe, o usuário também consegue saber se a transferência está sendo realizada de fato para o seu novo smartphone.

WhatsApp: função pode impedir roubo de contas

O recurso é bem simples, mas tende a dar muitos frutos. Afinal, golpistas se aproveitam de contas que não usam a autenticação em duas etapas para tomá-las à força. E boa parte desses golpes estão relacionados a “ofertas” vantajosas às vítimas, como promoções, sorteios, entre outros.

Um exemplo foi quando golpistas usaram contas falsas do Instagram para oferecer alguma vantagem. Mas, após a solicitação de alguns dados pessoais, como o nome completo e número do celular, os criminosos pediam o código de seis dígitos do WhatsApp enviado por SMS.

E aí não tinha mais jeito: ao oferecer o código, a conta é invadida e os criminosos usam a linha para dar golpes em conhecidos da vítima.

Com a nova função, o mensageiro terá uma camada extra de proteção. Afinal, caso o código seja oferecido aos golpistas, a autenticação só terá sucesso se a vítima aprovar a migração no seu celular. E, caso o usuário toque em “Recusar”, os criminosos não terão acesso à conta, pois o processo será interrompido.

A má notícia é que a função ainda não está disponível aos usuários. Todavia, você já pode garantir uma proteção extra à sua conta ao ativar a autenticação em duas etapas do WhatsApp. Neste caso, mesmo com o código em mãos, os golpistas vão precisar de uma senha para confirmar a autenticação durante a migração.

Fonte: IG TECNOLOGIA

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

TECNOLOGIA

Google Meet terá compartilhamento de Spotify e YouTube durante chamada

Publicados

em

Google Meet ganhará novos recursos
Tecnoblog

Google Meet ganhará novos recursos

O Google Meet ganhou muito destaque nos últimos anos, e vai receber alguns recursos extras para deixar suas reuniões mais legais. Com um novo recurso de compartilhamento ao vivo, dá para ouvir músicas no Spotify, ver vídeos no YouTube ou jogar com outros participantes da chamada. É bem parecido com o SharePlay, da Apple.

O recurso faz parte da fusão do Meet com o Duo, o app de videochamadas do Google (que não tem a mesma fama do irmão profissional).

Esse é um processo bem confuso, aliás: o app do Duo vai virar Meet e ganhar os recursos dele, enquanto o Meet vai ser renomeado para Meet Original e posteriormente descontinuado.

Jogos e streaming no Google Meet

Bagunça à parte, alguns novos recursos foram acrescentados. Um deles é este recurso de compartilhamento ao vivo. Ele ainda está em fase beta.

Durante uma chamada, basta tocar nos três pontos, escolher “Atividades” e selecionar uma das opções. Dá para iniciar uma sessão em grupo no Spotify, por exemplo, jogar Uno! Mobile ou Kahoot!, entre outras possibilidades.

SharePlay da Apple funciona com produtos diferentes

Compartilhar conteúdo de streaming em uma chamada não é inédito. É isso que o SharePlay da Apple faz.

Ele permite usar o FaceTime para compartilhar conteúdos de apps de streaming. Dentre as opções, estão a Apple TV+, o Disney+ e o HBO Max.

Spotify e YouTube não estão nessa lista, o que conta como um diferencial para o serviço do Google Meet.

O compartilhamento ao vivo teria sido bem interessante durante a fase mais crítica da pandemia de Covid-19, quando regras restritas de circulação estavam em vigor.

Mesmo assim, pode ser útil para empresas que adotaram o trabalho remoto ou para quem tem amigos espalhados pelo país ou pelo mundo.


Fonte: IG TECNOLOGIA

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO DO SUL

MAIS LIDAS DA SEMANA