TRÊS LAGOAS

TECNOLOGIA

Galaxy M23 5G começa a ser vendido no Brasil por R$ 2 mil

Publicados

em

source
Samsung Galaxy M23 5G
Divulgação/Samsung

Samsung Galaxy M23 5G

A Samsung iniciou nesta quarta-feira (25) as vendas do Galaxy M23 5G no Brasil. Com câmera tripla, o celular intermediário tem processador Snapdragon 750G, da Qualcomm, acompanhado de 6 GB de memória RAM.

O smartphone ainda tem RAM Plus, que aloca virtualmente até 6 GB da memória interna à memória RAM. O conjunto traseiro de câmeras tem lente principal de 50 MP e sensores ultrawide e macro. 

A tela de 6,6 polegadas tem taxa de atualização de 120 Hz e notch em formato de gota para abrigar a câmera frontal. A bateria é de 5.000 mAh.

O Galaxy M23 5G chega ao mercado brasileiro nesta quarta nas cores azul, verde e cobre. O preço sugerido é de R$ 1.999.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

TECNOLOGIA

Ministério da Justiça abre processo contra o TikTok; entenda

Publicados

em

TikTok será investigado pelo Ministério da Justiça
Unsplash/Kon Karampelas

TikTok será investigado pelo Ministério da Justiça

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), vinculada ao Ministério da Justiça, instaurou processo administrativo contra o TikTok para apurar se o aplicativo protege seus usuários em relação a conteúdos nocivos. O processo foi publicado nesta segunda-feira (4) no Diário Oficial da União (DOU).

No fim de junho, a Senacon já havia obrigado o TikTok a remover conteúdo impróprio para menores de 18 anos  da plataforma. Na ocasião, o órgão alegou que a medida seria necessária até que “o sistema de segurança da plataforma, que impede o cadastro de menores de 13 anos de idade e limita o acesso a todo o conteúdo por menores de 16 anos, seja aperfeiçoado, de modo que a idade dos usuários seja verificada de maneira eficaz pela representada”.

Agora, a ByteDance, empresa dona do TikTok, será investigada para verificar se suas ações infringem o Código de Defesa do Consumidor (CDC). No despacho, Laura Postal Tirelli, Diretora do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor da Senacon, afirma que há alguns “indícios de infração” do CDC por parte do TikTok.

Ela cita, por exemplo, trechos do Código que exigem “a proteção contra a publicidade enganosa e abusiva” e “a proteção da vida, saúde e segurança contra os riscos provocados por práticas no fornecimento de produtos e serviços considerados perigosos ou nocivos”.

Além disso, ela ressalta que o CDC exige que as empresas reconheçam “vulnerabilidade do consumidor no mercado de consumo” e não se beneficiem “da fraqueza ou ignorância do consumidor, tendo em vista sua idade, saúde, conhecimento ou condição social”, trechos que estão relacionados com a infância.

De acordo com o despacho publicado no DOU nesta segunda, a Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e a Agência Nacional de Proteção de Dados serão comunicadas sobre o processo.

A reportagem entrou em contato com o TikTok, mas não obteve retorno até a publicação desta matéria.

Fonte: IG TECNOLOGIA

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO DO SUL

MAIS LIDAS DA SEMANA