TRÊS LAGOAS

POLÍTICA NACIONAL

Ciro Nogueira foi “convencido” por Bolsonaro a aceitar Casa Civil, diz jornal

Publicados

em


source
Senador Ciro Nogueira (PP-PI)
Moreira Mariz/Agência Senado

Senador Ciro Nogueira (PP-PI)

Nesta quarta-feira (21), o senador Ciro Nogueira (PP-PI) teria aceitado o convite do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para comandar o Ministério da Casa Civil , de acordo com o colunista Igor Gadelha, do  Metrópoles . Segundo o ex-prefeito de Teresina e amigo pessoal de Nogueira, Sílvio Mendes (PSDB), ele foi “convencido” pelo mandatário a aceitar o posto.

A confirmação do convite teria ocorrido em uma reunião virtual com liderança do PV, PTB, PSDB e Progressistas do Piauí. “Há dias ele vem recebendo o convite do presidente (Bolsonaro), mas ontem terminou sendo convencido. Ele não queria ir, mas foi convencido pelo presidente Bolsonaro e ontem confirmou que irá assumir a Casa Civil no início da próxima semana”, disse Sílvio Mendes ao portal UOL . Ainda de acordo com ele, Nogueira antecipou a viagem que estava fazendo ao México e voltará ao Brasil até esta sexta-feira (23).

Segundo as informações do portal, a deputada estadual, Teresa Brito (PV), também confirmou que Ciro disse, na reunião, que assumirá a pasta. “Ele vai assumir o Ministério da Casa Civil e pode ser ainda está semana”, afirmou.

A assessoria do senador informou que ainda não vai se posicionar e que é preciso aguardar a oficialização do Palácio do Planalto. 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA NACIONAL

Procuradoria abre inquérito para investigar suposto pedido de propina em vacinas

Publicados

em


source
Ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde Roberto Dias
Pedro França/Agência Senado

Ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde Roberto Dias

Nesta sexta-feira (23), a Procuradoria da República do Distrito Federal abriu um inquérito para investigar o suposto pedido de propina de US$ 1 por dose na negociação da compra de 400 milhões de doses da vacina Astrazeneca .

Os procuradores, de acordo com o Ministério Público Federal, irão apurar indícios de improbidade administrativa.

O caso veio à tona após uma denúncia do policial militar Luiz Paulo Dominguetti ser publicada no jornal Folha de S. Paulo . O cabo da PM afirmou ter recebido pedido de propina do ex-diretor de Logística do Ministério da Saúde, Roberto Dias, para que a compra dos imunizantes pela pasta fosse concluída.

Dominguetti, que afirmou ter atuado como representante da empresa Davati Medical Supply, disse que a proposta teria sido feita em um jantar em Brasília, em fevereiro deste ano.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO DO SUL

MAIS LIDAS DA SEMANA