TRÊS LAGOAS

POLÍTICA MS

Pedalada mais segura e confortável é tema do podcast da ALEMS

Publicados

em

A equipe do podcast Falando da Casa recebeu, no estúdio da Rádio ALEMS, integrantes e voluntários do grupo Bici nos Planos Campo Grande, Luza Basso e Tiago Eloi, para conversar sobre ciclismo e ciclomobilidade. Durante o bate-papo, conduzido pelos jornalistas Aline Kraemer e Paulo Radamés, foi destacado o reconhecimento da bicicleta como parte integrante do trânsito, analisado discussões sobre a temática que envolve a bicicleta e a mobilidade urbana, e também debatido sobre o plano cicloviário para Mato Grosso do Sul.

Pela perspectiva de Luza e Tiago, que utilizam a bicicleta frequentemente, o motorista precisa estar muito atento para os usuários de bike no trânsito. “Importante destacar a inserção da bicicleta como meio de transporte, inclusive este é o trabalho que o cicloativismo defende. Muitas pessoas utilizam a bicicleta como deslocamento diário para ir ao trabalho. É preciso educação no trânsito, mais amigável e pacífico, para assim estimular a ciclomobilidade”, pontua Luza Basso, que considera o trânsito de Campo Grande violento. “Inclusive o surgimento da bicicleta é como meio de transporte. Com o tempo que foi perdendo essa identidade”, complementa Tiago Eloi. 


Os convidados conversaram sobre políticas públicas do ciclismo

Foto: Wagner Guimarães

Você sabe qual a diferença entre ciclovia e ciclofaixa? “Ciclovias são pistas destinadas unicamente às bicicletas, separada fisicamente do trânsito. Já a ciclofaixa apresenta um pedaço de faixa, separado pela sinalização específica, destinada à circulação exclusiva de ciclos”, explica Tiago. 

Articulação ALEMS

Sancionada em 2021, a Lei 5.683, instituiu o Dia de Conscientização e Proteção ao Ciclista em Mato Grosso do Sul.  A data escolhida, 10 de março, é em homenagem à estudante Emanuelle Aleixo Gorski, que faleceu após um acidente na mesma data, em Campo Grande, enquanto andava de bicicleta.

E pensando nas pedaladas mais confortáveis e seguras para o tráfego, em março deste ano foi apresentado um Projeto de Decreto Legislativo que cria o Plano Cicloviário do Estado de Mato Grosso do Sul. A proposta trata sobre a implementação da infraestrutura para o trânsito de bicicletas, ciclos e similares nas rodovias estaduais de Mato Grosso do Sul. 

Podcast

O podcast Falando da Casa é um produto da Comunicação Institucional da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), idealizado por jornalistas da Casa de Leis. A primeira edição foi ao ar em maio do ano passado. A equipe do podcast convida a todos, os usuários da bicicleta como esporte, lazer ou meio de transporte, para ouvir esta nova edição, clicando aqui.

Fonte: Assembleia Legislativa de MS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA MS

Aleitamento materno é tema do programa Vida Saudável da Radio ALEMS

Publicados

em

O programa Vida Saudável da Rádio ALEMS, que vai ao ar nesta sexta-feira (12), traz uma entrevista com a ginecologista e obstetra da Unimed Campo Grande, Rubia da Silva Borges. A especialista destaca, durante o bate-papo, a importância do aleitamento materno. Afinal estamos no mês de agosto, também chamado de Agosto Dourado, que simboliza a luta pelo incentivo à amamentação. No Brasil desde a década de 1990 o Ministério da Saúde faz campanhas nacionais para auxiliar as mães lactantes.

A ginecologista e obstetra Rubia da Silva Borges Loureiro explica que os primeiros meses de vida de um recém-nascido demandam muito cuidado, e que o leite humano é considerado, por sua composição de nutrientes, um alimento completo e suficiente para garantir o desenvolvimento saudável do bebê. “É recomendado que as crianças sejam alimentadas exclusivamente com leite materno nos primeiros seis meses de vida”, pontua.

A médica, na entrevista, traz à tona um tema que é muito comum de ser comentado com as mães no período de amamentação, “frases como ‘seu leite é fraco ou pouco’, ‘ele chora de fome’, entre tantas outras, isso acaba contribuindo para que a mãe não persista nesse projeto de amamentar seu bebê”. Segundo ela, na prática, as pessoas podem ajudar, mas de diferentes formas. “Pessoas têm a necessidade de oferecer uma palavra de ajuda, porém, muitas vezes, o que a puérpera precisa é de uma ajuda prática, que pode ser o preparo de uma alimentação saudável, cuidados com o bebê para algumas horas de sono, entre outras atitudes”.

Outro assunto abordado pela ginecologista e obstetra Rubia da Silva Borges Loureiro está relacionado a importância de se ter um pai companheiro e uma rede de apoio presente (familiares e amigos), que podem e devem auxiliar essa mãe, tornando essa temporada de amamentação menos cansativa, pois ela demanda tempo, esforço e muita dedicação.

“O parceiro ou parceira, tem papel fundamental na vida de uma família, seja de pai ou de mãe, diferente da rede de apoio, já que esta faz muita diferença no puerpério, principalmente no início, pois o cansaço, por exemplo, prejudica o sucesso do aleitamento materno. Se tivermos uma ‘rede de apoio que não apoia’ a amamentação, a chance de não dar certo é muito grande”, comenta a especialista.

Durante o bate-papo, a especialista também compartilha algumas dicas que podem contribuir com as mães que amamentam ou mesmo que estão no puerpério. Para acessar e ouvir o Programa Vida Saudável, com a ginecologista e obstetra da Unimed Campo Grande, Rubia da Silva Borges, clique aqui.

Fonte: Assembleia Legislativa de MS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO DO SUL

MAIS LIDAS DA SEMANA