TRÊS LAGOAS

POLÍTICA MS

Fruto símbolo de MS, guavira é tema de seminário a ser realizado nesta semana

Publicados

em

Em parceria com diversas entidades, a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS) realizada, na quinta (23) e sexta-feira (24), o “VI Seminário Estadual da Guavira: culturas, saberes e comunidades”. O evento acontece, no primeiro dia, no auditório da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (Uems) e, no segundo, no Centro de Pesquisa e Capacitação (Cepaer) da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer). A guavira é fruto símbolo do Estado.

“Essa é uma iniciativa que fortalece a agricultura familiar. Além disso, apresenta oportunidades de renda na comercializado de produtos industrializados feitos com a guavira”, afirmou o deputado Renato Câmara, presidente da Comissão Permanente de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável da ALEMS e representante da Casa de Leis no evento. Ele também fortaleceu o convite para o seminário. “Participe conosco. Faça sua inscrição. Haverá várias palestras e dia de campo para conhecermos plantação de guavira”, disse.

O evento tem início às 7h30 no auditório da Uems com café da manhã com guavira. Será permitida realização de inscrições no local. E os interessados também podem se inscrever por meio deste link. Durante a manhã, também haverá um painel intitulado “Plantas nativas: domesticação, cultivo e uso”. Será realizada, ainda, uma mesa redonda, com apresentação e discussão sobre pesquisas com guavira.

No período vespertino, está programado o painel “Sustentabilidade e inovação”. Serão abordados e debatidos temas como oportunidades de agregação de valor e importância cultural da guavira. Os participantes também poderão acompanhar apresentação de resultados de estudos.

No dia seguinte, o seminário será na Agraer. Haverá visita técnica ao guaviral do Cepaer, pioneiro no plantio de fruto para fins de estudo, segundo informação da Agraer. Os participantes poderão percorrer várias estações sobre temas variados a respeito do cultivo da guavira.

A programação completa do seminário pode ser conferida aqui. A guavira foi declarada fruto símbolo de Mato Grosso do Sul pela Lei 5.082/2017.

Serviço:

“VI Seminário da Guavira: culturas, saberes e comunidades”.

Local: UEMS e Cepaer/Agraer.

Data: 23 e 24 de novembro de 2023.

Realização: Assembleia Legislativa, Agraer, UEMS, UFMS e UFGD.

Apoio: Semadesc, Fapec, Fundect, Uniderp, Sebrae, Fundtur, Setescc, Sicredi, Senar e UCDB.

Endereço da UEMS: Avenida Dom Antônio Barbosa, nº 4155 – Bairro Santo Amaro, Campo Grande/MS.

Endereço do Cepaer/Agraer: Rodovia MS-80, Km 10 (Saída para Rochedo), Campo Grande – MS. Fica ao lado da UEMS.

Fonte: Assembleia Legislativa de MS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA MS

Presidente da ALEMS comandará Mato Grosso do Sul entre Natal e Ano Novo

Publicados

em

Tramita na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS) o Projeto de Decreto Legislativo 28/2023, de autoria da Mesa Diretora (2023-2024), que autoriza o governador do Estado de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel (PSDB), a licenciar-se do exercício de suas funções, a título de recesso, de 26 de dezembro de 2023 a 14 de janeiro de 2024, período que poderá se ausentar do Estado e também do País.

Conforme o documento, publicado no Diário Oficial do Legislativo (páginas 13 e 14) desta sexta-feira (8), durante o período de ausência do chefe do Executivo, o cargo seria assumido pelo vice-governador de Mato Grosso do Sul, Barbosinha (PP). No entanto, em virtude de sua ausência do Estado nas datas, o texto menciona que o exercício da chefia do Poder Executivo, no período de 26 de dezembro de 2023 a 1º de janeiro de 2024, será desempenhado pelo Presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Gerson Claro (PP), situação prevista nos artigos 86 e 87 da Constituição Estadual. Já no período de 2 a 14 de janeiro de 2024 o Poder Executivo será chefiado pelo vice-governador de Mato Grosso do Sul.

A mensagem ainda informa que a competência privativa do Parlamento em apreciar o pedido de licença formulado pelo governador do Estado, nessa situação, observa as disposições contidas no artigo 269 do Regimento Interno da ALEMS.

Fonte: Assembleia Legislativa de MS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO DO SUL

MAIS LIDAS DA SEMANA