TRÊS LAGOAS

MUNDO

EUA ultrapassam marca de 500 mil mortes por covid-19

Publicados

em


Os Estados Unidos ultrapassaram nesta segunda-feira (22) a marca de 500 mil mortes por covid-19. Os primeiros óbitos pela doença foram registrados no condado de Santa Clara, na Califórnia, há pouco mais de um.

Os EUA registraram mais de 28 milhões de casos de covid-19 e 500.054 mortes até segunda-feira, de acordo com uma contagem da Reuters baseada em dados de saúde pública, embora as mortes e hospitalizações diárias tenham recuado para seu menor nível desde antes dos feriados de Ação de Graças e do Natal.

Cerca de 19% do total global de mortes de coronavírus aconteceram nos EUA. As mortes registradas entre dezembro e fevereiro foram responsáveis por 46% de todos os óbitos por covid-19 nos EUA, mesmo quando as vacinas se tornaram disponíveis e com o início de um esforço para imunizar a população norte-americana.

* Com informações da Reuters

Edição: Fábio Massalli

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Senado americano absolve Trump em processo de impeachment
Propaganda

MUNDO

Pelo menos 18 morrem em Mianmar em dia mais sangrento de protestos

Publicados

em


A polícia de Mianmar disparou contra manifestantes em todo o país neste domingo (28), no dia mais sangrento das semanas de protestos contra um golpe militar, e pelo menos 18 pessoas foram mortas, disse o escritório de direitos humanos da Organização das Nações Unidas (ONU).

A polícia entrou em ação mais cedo e abriu fogo em diferentes partes de Yangon, maior cidade do país, depois que granadas de choque, gás lacrimogêneo e tiros para o ar não conseguiram dispersar as multidões. Os soldados também deram reforço à polícia.

Vários feridos foram arrastados por outros manifestantes, deixando manchas de sangue nas calçadas, mostraram imagens da mídia. Um homem morreu após ser levado a um hospital com uma bala no peito, disse um médico que pediu para não ser identificado.

“A polícia e as forças militares enfrentaram manifestações pacíficas, usando força letal o que- de acordo com informações confiáveis ​​recebidas pelo Escritório de Direitos Humanos da ONU- deixou pelo menos 18 mortos e mais de 30 feridos”, disse o escritório de direitos humanos da ONU.

Leia Também:  Grécia prorroga restrições a voos internacionais até 22 de fevereiro

Mianmar vive um caos desde que o Exército tomou o poder e prendeu a líder eleita Aung San Suu Kyi e grande parte de sua liderança partidária em 1º de fevereiro, alegando fraude em uma eleição de novembro que seu partido venceu por larga margem.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

POLICIAL

MATO GROSSO DO SUL

ENTRETENIMENTO

MAIS LIDAS DA SEMANA