TRÊS LAGOAS

MATO GROSSO DO SUL

UEMS abre seleção pública para implantação de novos CEPEX

Publicados

em

A Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) abre Seleção Pública de Propostas para Apoiar a Implantação de até três Centros de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPEX), da Universidade, e recebe a submissão das propostas até 30 de agosto de 2022.

Clique aqui e confira o edital.

Para participar da seleção o coordenador(a) precisa:  a) ser o proponente da proposta; b) ter título de doutor; c) ser docente efetivo TIDE da UEMS e estar em pleno exercício de suas atividades; d) ter Curriculum cadastrado e atualizado na Plataforma Lattes (CNPq).

Os objetivos específicos desta Chamada são: Apoiar grupos emergentes de pesquisa, liderados por pesquisadores com renomada competência na temática proposta; Ampliar, consolidar e difundir a capacidade científica e tecnológica instalada na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul; Consolidar linhas de pesquisa prioritárias, induzindo a formação de Centros de Pesquisa, Ensino e Extensão na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul; Incentivar a formação e capacitação contínua de recursos humanos de alta qualificação; Promover a indissociabilidade do ensino, pesquisa e extensão que congrega um ou mais Laboratórios e/ ou Grupos de pesquisa, com a comunidade universitária no desenvolvimento de projetos de forma independente ou em cooperação com órgãos de governo, empresas públicas, privadas e institutos de pesquisa científica e tecnológica.

Comunicação UEMS

Fonte: Governo MS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO DO SUL

Lei quer incentivar a adoção tardia de crianças e adolescentes em MS

Publicados

em

Mato Grosso do Sul, a partir de agora, conta com uma nova lei de incentivo a adoção tardia de crianças e adolescentes e uma semana toda dedicada as discussões sobre o tema. A intenção é estimular esta prática da adoção para esta faixa etária.

A Semana de Incentivo à Adoção Tardia será realizada anualmente, no mês de setembro. As ações serão todas com foco na publicidade em relação aos procedimentos para realização destas adoções, apresentação dos dados do CNA (Cadastro Nacional de Adoção) em relação a crianças e adolescentes aptos a serem adotados e sua respectiva faixa etária, além do número de pretendentes.

O projeto de lei aprovado na Assembleia justifica que cerca de cinco mil crianças e adolescentes aguardam a adoção, enquanto que 35 mil pessoas estão inscritas como pretendentes no Cadastro Nacional de Adoção. Entretanto a preferência é por bebês e a porcentagem dos candidatos vai caindo gradativamente conforme a idade da criança, chegando a menos de 1% dos 8 anos em diante.

 

Katiuscia Fernandes – Subcom

Fonte: Governo MS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO DO SUL

MAIS LIDAS DA SEMANA