TRÊS LAGOAS

MATO GROSSO DO SUL

Subs Racial finaliza a entrega de 5.600 cestas de alimentos para as comunidades quilombolas

Publicados

em


Secretário Nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Paulo Roberto (de termo), acompanhou a distribuição das cestas de alimentos na comunidade Furnas da Boa Sorte

O Governo do Estado, por meio da Subsecretaria de Políticas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial (SubsRacial), finalizou a entrega da segunda etapa de cestas de alimentos às comunidades tradicionais remanescentes de quilombo. A ação é fruto de uma parceria entre a Subsecretaria, Fundação Cultural Palmares (FCP) e Ministério da Cidadania, do Governo Federal.

Ajuda que veio em boa hora às famílias de quilombolas

Ao todo 5.600 cestas foram distribuídas nas duas etapas para 1.400 famílias moradoras das 22 comunidades tradicionais remanescentes de quilombos, localizadas nos municípios de Aquidauana; Campo Grande; Corguinho; Corumbá; Dourados; Figueirão; Jaraguari; Maracaju; Nioaque; Pedro Gomes; Rio Brilhante; Rio Negro; Sonora e Terenos.

“Esses alimentos foram entregues em um momento no qual essas famílias já se encontravam em uma situação de insegurança alimentar, por conta da pandemia, do desemprego, questões relacionadas à saúde, que se agravaram, uma série de fatores. E o que nós observamos foi o retorno de muitas famílias aos quilombos, e essa parceria envolvendo todos os governos ameniza essas situações enfrentadas no dia a dia pelas comunidades”, pontuou a subsecretária de Estado de Políticas Públicas para a Promoção da Igualdade Racial, Ana José Alves.

De acordo com Valdecir Amorim, professor, morador da comunidade quilombola Águas do Miranda, no município de Bonito, e coordenador estadual da Federação Nacional das Associações Quilombolas, “as cestas chegaram em um momento propício para todas as comunidades. Nos trouxe uma felicidade plena, pois recebemos o que as comunidades mais anseiam, além da saúde, que é o alimento. E com a chegada da cesta quilombola, além de trazer o alento, ainda trouxe o momento com nossa subsecretária Ana, de poder ouvir as lideranças locais de cada comunidade”.

Elaine Mateus: agradecimento ao Governo do Estado pelo auxílio à comunidade

Elaine Mateus Teodoro, presidente da Comunidade Quilombola Furnas da Boa Sorte, em Corguinho relata que “ouvir o relato das famílias dizendo o quanto foi importante, o quanto ajudou é muito gratificante, porque muitos não tinham dinheiro para comprar a mistura, a pandemia deixou desempregados, os recursos diminuíram, então nós só temos que agradecer”.

O secretário de Estado de Cidadania e Cultura, João César Mattogrosso, chama a atenção para a relevância da ação. “Enfrentamos um período altamente crítico com a pandemia, que afetou milhões de pessoas em nosso país, e a fome voltou a ser um grande inimigo. Essa iniciativa desenvolvida pela Subs Racial, com apoio do Governo Federal, é louvável por proporcionar mais dignidade e bem-estar a essas famílias das Comunidades Quilombolas, neste cenário tão crítico”, destaca.

A entrega dos alimentos em ambas etapas contou com a ajuda da Defesa Civil, responsável pela logística, juntamente com a equipe da Subsecretaria.

Jaqueline Hahn Tente, Secic

Fotos: Luan Saraiva – Secic 

Fonte: Governo MS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO DO SUL

Representantes da CGE farão palestra sobre PMSI e LGPD em encontro estadual

Publicados

em


Representantes da Controladoria-Geral do Estado de Mato Grosso do Sul (CGE/MS) foram convidados a participarem do 19º Encontro Anual da Coordenadoria Estadual de Controle Avaliação e Auditoria que será realizado de 1º a 3 de dezembro, a partir das 13h30, virtualmente.

A abertura oficial ficará por conta do assessor da CGE e coordenador do Programa MS de Integridade (PMSI), João Francisco Arcoverde Lopez. A palestra com o mesmo nome do programa vai tratar sobre a cultura da integridade e ética no serviço público; apresentar algumas ferramentas de prevenção a fraudes e à corrupção; transparência, eficiência e qualidade no meio público.

João Arcoverde conta que esclarecer sobre um assunto tão complexo e importante sempre é desafiador. “O PMSI é árduo e dinâmico, pois não tem fim. É importante não só os profissionais, mas toda a sociedade entender a dimensão e os reflexos positivos que ele pode trazer para a gestão pública”, afirma.

Após o intervalo, quem compartilhará dos conhecimentos sobre a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais será a auditora do Estado da CGE/MS, Rosely Pereira Maia, com a temática “LGPD no âmbito do Poder Executivo Estadual”, que contará ainda com a participação auditora de Serviços de Saúde da Secretaria de Estado de Saúde (SES/MS), Nara Luzia Silveira Coelho.

O conteúdo que será abordado faz parte da Cartilha LGPD, elaborada pelo “Comitê de implementação e adequação à LGPD em Mato Grosso do Sul” – criado em fevereiro de 2021 – e composto por integrantes da Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização (SAD), Procuradoria-Geral do Estado (PGE) e Superintendência de Gestão da Informação (SGI) no qual Rosely preside a equipe.

A auditora aponta que a implantação da LGPD ocorre ao longo do tempo. “Os servidores ainda estão conhecendo os detalhes por ser uma lei relativamente nova. Sendo assim, são fundamentais a adesão e o conhecimento de todos, pois o poder público é o maior acumulador de dados e na área da saúde não é diferente”, pontua.

No segundo dia, os trabalhos começam com a palestra “Efeitos da covid-19 sobre as pessoas” ministrada pelo psiquiatra Juberty Antônio de Souza. Logo após, será a vez da enfermeira e doutora em Ciências, Letícia Yamawaka de Almeida falar sobre “Práticas de Saúde Baseada em Evidências e Política informada por Evidências”.

O encerramento das atividades ficará por conta do escritor e procurador do Estado do Paraná, Hamilton Bonatto, que discorrerá sobre “Lei nº 14.133 – principais Mudanças”. Confira aqui a programação completa.

Karla Tatiane, CGE

Fonte: Governo MS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO DO SUL

MAIS LIDAS DA SEMANA