TRÊS LAGOAS

MATO GROSSO DO SUL

Situação se agrava e hospitais registram falta de leitos de UTI para pacientes com Covid em MS

Publicados

em

 

Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio da Secretaria de Estado de Saúde, primando pela transparência nas ações de enfrentamento à Covid-19, informa que a ocupação de leitos em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) chegou a 100% de sua capacidade no Estado. A Coordenadoria Estadual de Regulação Assistencial da SES constatou que não há mais vagas de UTI Covid disponíveis em 14 municípios que possuem unidades hospitalares, dos 77 municípios regulados pelo Estado.

Campo Grande e Dourados que possuem regulações próprias também não contavam com leitos de UTI Covid nesta quarta-feira (17). Na rede privada com leitos de UTI Covid SUS, a ocupação estava em 100%.
Para o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, infelizmente estamos vivendo o pior cenário da pandemia no Estado. “Nós tivemos outros picos que chegamos perto do colapso, mas infelizmente, estamos com um quadro que nos causa muita preocupação, principalmente, pelos próximos dias”.

Geraldo Resende lembra que nos últimos dias, o Estado tem corrido para ampliar o número de leitos de UTI Covid no Estado. “Somente nesta semana, 20 leitos estarão em pleno funcionamento em Três Lagoas e Ponta Porã. Mais já abrimos 59 leitos de UTI Covid imediatos, sendo: 54 em Campo Grande (14 leitos no Hospital Adventista do Pênfigo; dois leitos na Clínica Campo Grande; 10 leitos na Santa Casa e 28 no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul – foram remanejados de outras patologias para atendimento exclusivo Covid); e mais cinco leitos no HU/UFGD, em Dourados”.

O Estado também abriu na quarta-feira (17), mais 32 leitos clínicos covid que entraram em operação no Hospital Regional de Cirurgias da Grande Dourados. Para atender a demanda, o Hospital Regional de Mato Grosso do Sul passou a ser 100% para atendimento de pacientes covid no Estado.

A fila de espera na semana passada era de um paciente registrada pela Coordenadoria Estadual de Regulação Assistencial, nesta quarta-feira (17), 19 pacientes aguardavam transferência para um leito de UTI Covid em unidades hospitalares da rede SUS no Estado.

“Nós precisamos que a população nos ajude cumprindo as medidas de biossegurança e evitem aglomerações. A doença avança mais rápido do que conseguimos ampliar mais leitos. Precisamos que os municípios também cumpram as medidas adotadas pelo decreto e sigam as recomendações do Prosseguir”, pontua o secretário Geraldo Resende.

Sem vagas
Municípios que registraram falta de vagas em leitos de UTI Covid: Aquidauana, Aparecida do Taboado, Bataguassu, Chapadão do Sul, Corumbá, Costa Rica, Coxim, Jardim, Naviraí, Nova Andradina, Paranaíba, Ponta Porã, Sidrolândia e Três Lagoas. Os municípios de Dourados e Campo Grande também estavam com ocupação em 100%.

Rodson Lima, SES
Foto: Saul Scharamm

Fonte: Governo MS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO DO SUL

Comitiva do Ministério da Justiça visita Centro de Inteligência que será inaugurado em agosto no MS

Publicados

em


O secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, e o superintendente de Inteligência da Sejusp, Antônio Carlos Costa Mayer, receberam nesta sexta-feira (23), em Campo Grande, a Diretora de Inteligência da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça, Marília Ferreira de Alencar, e o Coordenador-Geral de Inteligência, Tomas de Almeida Viana, para uma visita técnica ao novo Centro de Inteligência de Segurança Pública Regional Centro-Oeste (CIISPR-CO), que será inaugurado no mês que vem em Mato Grosso do Sul.

A equipe da DINT veio ao Estado para conhecer as instalações do CIISPR-CO e realizar tratativas e ajustes finais para a inauguração. A comitiva, integrada também pelo Coordenador de Gestão Estratégica de Inteligência de Segurança Pública da DINT, Leonardo Araújo, participou de uma reunião na Sejusp e na sequência visitou no novo Centro, localizado na Avenida Desembargador Leão Neto do Carmo, no Parque dos Poderes.

O CIISPR-CO é o quarto Centro de Inteligência de Segurança Pública a ser inaugurado no país e irá reunir em um mesmo local equipe formada por agentes de inteligência das forças estaduais, federais, forças armadas e de fiscalização, como Secretaria Estadual de Fazenda e Receita Federal do Brasil, para atuar de forma integrada e coordenada com foco no combate ao crime organizado, em sincronia com as demais regiões do país.

Para o superintendente de Inteligência da Sejusp, o novo Centro é um ponto focal estratégico para trabalhar vários temas, entre eles a rota bioceânica, tráfico e contrabando. “A instalação desse Centro aqui em Mato Grosso do Sul é mérito não só da SISP, mas de todas as agências de inteligência existentes no Estado”, frisa Mayer.

Entre as principais funções do CIISPR-CO estarão a coleta, análise e disseminação de inteligência para tomadores de decisão dos estados do Centro-Oeste e de toda a Rede CIISP, bem como demais agências de inteligência de segurança pública do país.  “Os agentes vão produzir conhecimentos estratégicos e a exemplo dos demais Centros, atuarão de forma integrada e coordenada”, pontuou a diretora da DINT durante a visita.

O investimento total na nova estrutura de inteligência de segurança pública é de R$ 2,5 milhões, sendo R$ 2 milhões do Governo Federal, para aquisição de equipamentos eletrônicos e sistemas de inteligência, e R$ 500 mil do Governo do Estado – em reforma e segurança orgânica. “O Estado também cedeu o prédio para a instalação do CIISPR-CO”, explica o titular da Sejusp, Antonio Carlos Videira.

O Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública é um projeto estratégico do Governo Federal, desenvolvido via Ministério da Justiça e Segurança Pública e operacionalizado por meio da Secretaria de Operações Integradas (SEOPI), proporcionando a integração das agências de inteligência voltadas para a segurança pública.

Rede CIISP

O CIISPR-CO integrará a Rede de Centros Integrados de Inteligência de Segurança Pública – um dos projetos estratégicos do MJSP – que contempla também o Centro Integrado de Inteligência Nacional (CIISP-N).  Inaugurado no dia 3 de junho de 2019 em Brasília (DF), o CIISP-N é responsável por nortear diretrizes e coordenar trabalhos que serão estendidos à cinco regiões do país, se comunicando diariamente com os centros regionais.

Além da Região Centro-Oeste, já está em operação o Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública – Regional Sul, com sede em Curitiba (PR), o Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública – Regional Nordeste (CIISPR-NE), com sede em Fortaleza e o Centro de Inteligência da Região Norte, com sede em Manaus.

Joelma Belchior, Sejusp
Fotos: Divulgação

Fonte: Governo MS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO DO SUL

MAIS LIDAS DA SEMANA