TRÊS LAGOAS

MATO GROSSO DO SUL

Presidente do TRF3 visita Mato Grosso do Sul durante projeto Presidência Itinerante

Publicados

em

Presidente do TRF3 (Tribunal Regional Federal da 3ª Região), a desembargadora federal Marisa Ferreira dos Santos fez uma visita institucional nesta terça-feira (12) ao governador Reinaldo Azambuja. Ela participa da primeira edição do projeto Presidência Itinerante, despachando do prédio sede da Seção Judiciária de Mato Grosso do Sul, em Campo Grande.

Durante a agenda na governadoria, a desembargadora Marisa Santos contou que quer dar mais representatividade a Mato Grosso do Sul no TRF3, que tem a sede localizada na Avenida Paulista, na capital paulista. 

“Nós estamos iniciando o projeto Presidência Itinerante e o objetivo é vir mais vezes, ter o contato direto com a comunidade local, com os juízes, com as autoridades, as instituições, justamente para incrementar essa aparição de Mato Grosso do Sul como integrante da 3ª região. O tribunal é muito paulista e Mato Grosso do Sul precisa estar mais presente, precisa ser mais conhecido do Poder Judiciário. Essa é a forma que a gente encontrou”, contou a magistrada.

A primeira edição do projeto Presidência Itinerante começou na segunda-feira (11) e prossegue até esta quarta-feira (13). O projeto tem o objetivo de promover maior integração da Justiça Federal da 3ª Região, com olhar atento às subseções distantes da sede do TRF3, em São Paulo, tanto em Mato Grosso do Sul como em cidades mais distantes do interior de São Paulo.

Presidente do TRF3, desembargadora Marisa dos Santos

“Estamos aqui fazendo uma visita institucional ao governador, expondo as necessidades que nós temos e que podem ser politicamente ajudadas por ele, incrementadas, como a criação de varas da Justiça Federal para cá, que é um estado que tem crescimento econômico evidente e grande importância estratégica para o Brasil. Nada mais justo que apareça também como pertencente à 3ª região, que é formada por São Paulo e por Mato Grosso do Sul”, acrescentou a presidente.

Também participaram da agenda na governadoria a diretora do Foro da Seção Judiciária de Mato Grosso do Sul, Monique Marchioli Leite; juízes auxiliares da Presidência do TRF3, Ricardo Damasceno e Marisa Cucio; secretário de Governo de Gestão Estratégica, Eduardo Rocha; e a procuradora-geral do Estado, Ana Carolina Ali Garci; 

Paulo Fernandes, Subcom
Fotos: Chico Ribeiro

Fonte: Governo MS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO DO SUL

Lei quer incentivar a adoção tardia de crianças e adolescentes em MS

Publicados

em

Mato Grosso do Sul, a partir de agora, conta com uma nova lei de incentivo a adoção tardia de crianças e adolescentes e uma semana toda dedicada as discussões sobre o tema. A intenção é estimular esta prática da adoção para esta faixa etária.

A Semana de Incentivo à Adoção Tardia será realizada anualmente, no mês de setembro. As ações serão todas com foco na publicidade em relação aos procedimentos para realização destas adoções, apresentação dos dados do CNA (Cadastro Nacional de Adoção) em relação a crianças e adolescentes aptos a serem adotados e sua respectiva faixa etária, além do número de pretendentes.

O projeto de lei aprovado na Assembleia justifica que cerca de cinco mil crianças e adolescentes aguardam a adoção, enquanto que 35 mil pessoas estão inscritas como pretendentes no Cadastro Nacional de Adoção. Entretanto a preferência é por bebês e a porcentagem dos candidatos vai caindo gradativamente conforme a idade da criança, chegando a menos de 1% dos 8 anos em diante.

 

Katiuscia Fernandes – Subcom

Fonte: Governo MS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO DO SUL

MAIS LIDAS DA SEMANA