TRÊS LAGOAS

MATO GROSSO DO SUL

Mato Grosso do Sul se mantém com a 3º menor taxa de desocupação do país, aponta pesquisa do IBGE

Publicados

em

A PNADC (Pesquisa Nacional de Amostra de Domicílios Contínua) divulgada nesta sexta-feira (13) pelo IBGE, aponta que a taxa de desocupação em Mato Grosso do Sul no primeiro trimestre de 2022 ficou estável, fechando em 6,5%, a terceira menor do país, mesma posição obtida no trimestre anterior. As informações estão em Nota Técnica da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar). Na avaliação do secretário Jaime Verruck, o desempenho é resultado das “ações do Governo do Estado para a retomada da economia, atração de investimentos e geração de empregos”.

A taxa de desocupação mensurada pelo IBGE por meio da PNADC revela a porcentagem de pessoas na força de trabalho que estão desempregadas. De acordo com o governo federal, essa taxa ficou estável em 26 unidades da federação no primeiro trimestre de 2022. As maiores taxas foram as da Bahia (17,6%), de Pernambuco (17,0%) e Rio de Janeiro (14,9%) e as menores foram registradas em Santa Catarina (4,5%), Mato Grosso (5,3%) e Mato Grosso do Sul (6,5%).

No desempenho sul-mato-grossense, o número de pessoas ocupadas chega a 1,311 milhão, com 91 mil desocupados. Entretanto, a queda no número de pessoas na força de trabalho foi de 1,402 milhão neste trimestre, em relação aos 1,432 milhão de pessoas no trimestre anterior.

Com relação aos setores, os que mais contrataram em relação ao mesmo trimestre do ano anterior (2021) foram: Alojamento e Alimentação (41,67%), Indústria em geral (31,03%) e Transporte e armazenagem (12,28%). Já os setores que mais demitiram foram: Administração pública (-3,28%) e Agropecuária (-2,91%). Em geral, houve um aumento nas contrações de 6,33% em relação ao mesmo trimestre de 2021, gerando 78 mil novas vagas, 1,311 milhão ocupados contra 1,233 milhão de ocupados no mesmo trimestre em 2021.

Marcelo Armôa, Semagro
Foto: Arquivo

Fonte: Governo MS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO DO SUL

Governo do Estado entrega mais de 14 mil cobertores para Campo Grande que promete entrega imediata

Publicados

em

Campo Grande recebeu nesta quarta-feira (25) cobertores adquiridos pelo Governo do Estado com recursos do Fundo de Investimento Social (FIS). As 14.534 unidades foram entregues para o secretário Municipal de Assistência Social, José Mario Antunes, em solenidade no programa Rede Solidária, no Jardim Noroeste.

Adriano Chadid, secretário em exercício da Secretaria de Estado de Direitos Humanos Assistência Social e Trabalho (Sedhast), realizou a entrega ao lado do secretário de Estado de Governo, Eduardo Rocha, e da secretária de Estado de Administração e Desburocratização, Ana Nardes, com a participação do deputado estadual Herculano Borges.

José Mario Antunes disse que os cobertores chegaram em excelente hora. “Muito importante essa entrega. Todo ano estamos com essa parceria para atender as famílias em extrema situação de vulnerabilidade. Esses cobertores serão distribuídos pelos nossos 21 Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) localizados nas sete regiões do município de Campo Grande e também no distrito de Anhanduí. Imediatamente vamos encaminhar [os cobertores] para as nossas unidades, pois está prevista uma grande frente fria em breve”, pontuou o secretário.

Moradora do Jardim Noroeste, Simone Silva, 33 anos, mãe de quatro filhos, enfatizou que a entrega chega no momento em que precisa e vai ajudar a sua família a se manter aquecida. “Vai ajudar bastante. Minha família e as outras também que estão precisando. Deus abençoe a todos por essa coberta”, disse a moradora.

Chadid reforçou a parceria com o município de Campo Grande em situações que atendem as famílias em vulnerabilidade social, como a entrega de cobertores, o programa Mais Social e o Energia Social. Os secretários Eduardo Rocha e Ana Nardes enfatizaram o momento oportuno da entrega, possibilitando a utilização plena dos cobertores durante o inverno.

Ao centro, a moradora do Jardim Noroeste, Simone Silva, recebeu o cobertor pelo município de Campo Grande

Os 80 mil cobertores adquiridos pelo Governo do Estado estão sendo entregues também para os demais 78 municípios. A quantidade de cobertores foi pactuada na Comissão Intergestores Bipartire da assistência social (CIB/MS), com deliberação do Conselho Estadual de Assistência Social (CEAS). Corumbá, por exemplo, receberá 3.007 cobertores. Dourados fica com 5.052 e Três Lagoas, 3.038. A lista completa pode ser conferida no Diário Oficial do Estado (DOE/MS), 10.820.

O cobertor entregue é do tipo casal, com material em manta em microfibra, 100% poliéster, medindo 1,80 x 2,20 m e gramatura de 190 g. Cada unidade saiu por R$ 40,44, totalizando investimento de R$ 3.235.600,00 reais.

Para a Defesa Civil de MS foram destinados 1,5 mil cobertores, para atendimentos específicos via órgão, que muitas vezes alcança localidades de difícil acesso em nosso estado. Essa destinação também foi pactuada na CIB/MS.

Leomar Alves Rosa, Sedhast
Fotos: Monique Alves

Fonte: Governo MS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO DO SUL

MAIS LIDAS DA SEMANA