TRÊS LAGOAS

MATO GROSSO DO SUL

Mais de 64% dos municípios de Mato Grosso do Sul estão com alto risco de infecção da Covid-19

Publicados

em

 

Com 64,5% dos municípios classificados com alto grau de infecção para o novo coronavírus Mato Grosso do Sul está em alerta para o contágio da Covid-19. 

O mapa situacional do Prosseguir apresentado na ultima quarta-feira (31) mostra queda de quatro para uma cidades classificadas na bandeira cinza. No novo mapa apenas Sidrolândia saiu do grau alto para o extremo, quando é recomendado apenas o funcionamento de atividades essenciais.

Por outro lado, subiu de 48 para 51 o número de municípios classificados na bandeira vermelha, quando o cenário ainda é considerado de alto risco. Além de Campo Grande, Costa Rica, Bela Vista e Aral Moreira que saíram do cinza para o vermelho, estão nesta mesma situação Alcinópolis, Amambai, Anaurilândia, Antônio João, Aquidauana, Bodoquena, Bonito, Brasilândia, Caarapó, Camapuã, Caracol, Cassilândia, Chapadão do Sul, Corguinho, Coronel Sapucaia e Coxim. 

Deodápolis, Dois Irmãos do Buriti, Douradina, Dourados, Fátima do Sul, Inocência, Itaquirai, Juti, Ladario, Laguna Carapã, Maracaju, Miranda, Mundo Novo, Naviraí, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Paraiso das Águas, Paranaíba, Pedro Gomes, Ponta Porã, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, Santa Rita do Pardo, Sao Gabriel do Oeste, Sonora, Tacuru, Terenos e Tres Lagoas também estão no mapa vermelho. 

Também subiu de 24 para 25 o número de cidades na bandeira laranja que indica grau médio de risco. Estão nesta lista, Água Clara, Anastácio, Angélica, Aparecida do Taboado, Bandeirantes, Bataguassu, Bataiporã, Corumbá, Eldorado, Figueirão, Glória de Dourados, Guia Lopes da Laguna, Iguatemi, Itaporã, Ivinhema, Japorã, Jardim, Jateí, Nioaque, Paranhos, Rio Brilhante, Selvíria, Sete Quedas, Taquarussu e Vicentina. 

Na lista de cidades classificadas na bandeira amarela de grau tolerável estão Jaraguari e Rochedo. Nenhuma cidade obteve a bandeira verde que sinaliza grau baixo de risco. 

No comparativo do mapa Prosseguir divulgado nesta quarta-feira (31) com a semana anterior, 19 municípios progrediram na bandeira,  16 regrediram e 44 permaneceram na mesma classificação. 

A partir deste novo mapa, o Governo do Estado editou um novo decreto que permite a reabertura de praticamente todas as atividades econômicas do Estado a partir de segunda-feira (5). 

Prosseguir

Para definir a bandeira de cada cidade são levados em conta uma série de indicadores, entre eles disponibilidade de leitos de UTI, quantidade de equipamentos de proteção individual, contato com casos confirmados, redução da mortalidade em relação a covid-19, disponibilidade de testes, redução de novos casos, ocorrências da doença entre profissionais de saúde e incidência do vírus na população indígena, entre outros fatores.

O programa “Prosseguir” foi criado para avaliar e classificar os municípios em faixas de cores, de acordo com o grau de risco que cada cidade apresenta (de baixo a extremo), a fim de nortear os agentes da sociedade, principalmente entes públicos, a tomarem suas decisões e tornarem suas ações mais eficientes no combate à propagação e aos impactos da Covid-19.

Mireli Obando, Subcom

Foto: Divulgação

Fonte: Governo MS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO DO SUL

Comitiva do Ministério da Justiça visita Centro de Inteligência que será inaugurado em agosto no MS

Publicados

em


O secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública, Antonio Carlos Videira, e o superintendente de Inteligência da Sejusp, Antônio Carlos Costa Mayer, receberam nesta sexta-feira (23), em Campo Grande, a Diretora de Inteligência da Secretaria de Operações Integradas do Ministério da Justiça, Marília Ferreira de Alencar, e o Coordenador-Geral de Inteligência, Tomas de Almeida Viana, para uma visita técnica ao novo Centro de Inteligência de Segurança Pública Regional Centro-Oeste (CIISPR-CO), que será inaugurado no mês que vem em Mato Grosso do Sul.

A equipe da DINT veio ao Estado para conhecer as instalações do CIISPR-CO e realizar tratativas e ajustes finais para a inauguração. A comitiva, integrada também pelo Coordenador de Gestão Estratégica de Inteligência de Segurança Pública da DINT, Leonardo Araújo, participou de uma reunião na Sejusp e na sequência visitou no novo Centro, localizado na Avenida Desembargador Leão Neto do Carmo, no Parque dos Poderes.

O CIISPR-CO é o quarto Centro de Inteligência de Segurança Pública a ser inaugurado no país e irá reunir em um mesmo local equipe formada por agentes de inteligência das forças estaduais, federais, forças armadas e de fiscalização, como Secretaria Estadual de Fazenda e Receita Federal do Brasil, para atuar de forma integrada e coordenada com foco no combate ao crime organizado, em sincronia com as demais regiões do país.

Para o superintendente de Inteligência da Sejusp, o novo Centro é um ponto focal estratégico para trabalhar vários temas, entre eles a rota bioceânica, tráfico e contrabando. “A instalação desse Centro aqui em Mato Grosso do Sul é mérito não só da SISP, mas de todas as agências de inteligência existentes no Estado”, frisa Mayer.

Entre as principais funções do CIISPR-CO estarão a coleta, análise e disseminação de inteligência para tomadores de decisão dos estados do Centro-Oeste e de toda a Rede CIISP, bem como demais agências de inteligência de segurança pública do país.  “Os agentes vão produzir conhecimentos estratégicos e a exemplo dos demais Centros, atuarão de forma integrada e coordenada”, pontuou a diretora da DINT durante a visita.

O investimento total na nova estrutura de inteligência de segurança pública é de R$ 2,5 milhões, sendo R$ 2 milhões do Governo Federal, para aquisição de equipamentos eletrônicos e sistemas de inteligência, e R$ 500 mil do Governo do Estado – em reforma e segurança orgânica. “O Estado também cedeu o prédio para a instalação do CIISPR-CO”, explica o titular da Sejusp, Antonio Carlos Videira.

O Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública é um projeto estratégico do Governo Federal, desenvolvido via Ministério da Justiça e Segurança Pública e operacionalizado por meio da Secretaria de Operações Integradas (SEOPI), proporcionando a integração das agências de inteligência voltadas para a segurança pública.

Rede CIISP

O CIISPR-CO integrará a Rede de Centros Integrados de Inteligência de Segurança Pública – um dos projetos estratégicos do MJSP – que contempla também o Centro Integrado de Inteligência Nacional (CIISP-N).  Inaugurado no dia 3 de junho de 2019 em Brasília (DF), o CIISP-N é responsável por nortear diretrizes e coordenar trabalhos que serão estendidos à cinco regiões do país, se comunicando diariamente com os centros regionais.

Além da Região Centro-Oeste, já está em operação o Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública – Regional Sul, com sede em Curitiba (PR), o Centro Integrado de Inteligência de Segurança Pública – Regional Nordeste (CIISPR-NE), com sede em Fortaleza e o Centro de Inteligência da Região Norte, com sede em Manaus.

Joelma Belchior, Sejusp
Fotos: Divulgação

Fonte: Governo MS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO DO SUL

MAIS LIDAS DA SEMANA