TRÊS LAGOAS

MATO GROSSO DO SUL

Em Coxim, pavimentação da MS-223 abre caminho para expandir a produção local

Publicados

em


O Governo do Estado segue investindo na estruturação de rodovias estaduais que melhoram o escoamento da produção e levam o desenvolvimento para diversas regiões do Mato Grosso do Sul. Em Coxim, são 15.412.897,50 destinados à pavimentação de 9,6 km da MS-223, entre os distritos de Silvolândia e São Romão.

Obra está com 90% de conclusão e deve ser entregue em janeiro

Pioneiro na região, Celestino Vendrusculo mexe com suinocultura e pecuária e recebe com muita alegria a pavimentação da rodovia que passa em frente à sua propriedade rural. “Chegamos aqui em 1975, somos pioneiros. Passamos por todos os governos até chegar ao atual, é com muita alegria e satisfação que recebemos essa logística de progresso. O produtor rural contribui, paga imposto, mas ele também quer a contrapartida, que é o mínimo, o escoamento da produção. Então, a gente fica muito grato ao Governo do Estado”, disse.

A chegada do asfalto abre a possibilidade para o pecuarista Eduardo Gomes da Silva, 58 anos, investir na agricultura. Ele recorda as dificuldades que os produtores enfrentavam com a estrada de chão. “Era muito difícil, uma estrada ruim, estragava carro, atolava caminhão. Viviam me ligando para ajudar a desatolar caminhão. Agora com o asfalto melhorou muito, agora com as pontes de concreto é outra coisa. A chegada do asfalto abre outras possibilidades, ajuda muito a gente ter coragem de mexer com agricultura também”, disparou.

Lael da Silva, 64 anos, mora há 20 anos, cria gado e planta verduras e legumes para vender na cidade. Ele era uma das pessoas que ficavam com o carro atolado na estrada quando chovia. “Agora está bem melhor, está excelente”, disse. A presidente da Associação do Desenvolvimento Rural do Beira Rio, da Colônia São Romão, Carmem Aparecida Delgado, 61 anos, destaca a importância da melhoria: “Essa rodovia é muito importante para nós e veio em uma excelente hora, essa parte era muito sofrida”.

Pavimentar rodovias é investir no desenvolvimento do Estado e é o que o Governo do Estado tem feito para beneficiar, também, o homem do campo, segundo pontua o governador Reinaldo Azambuja. “É o desenvolvimento chegando nas regiões mais distantes do Estado. Quem produz também precisa do apoio do Governo do Estado, e é isso que estamos fazendo”, disse. O secretário de Estado de Infraestrutura, Eduardo Riedel, também destaca a importância do investimento: “Ouvir depoimentos como do senhor Lael e do seu Eduardo mostra que o Governo do Estado está no caminho certo, ao investir em rotas de áreas produtivas como esta de Coxim, estamos direcionando recursos ao que, de fato, funciona, no ciclo do desenvolvimento, que gera recursos, renda e empregos”.

A obra 

Com aproximadamente 50 trabalhadores, a obra está 90% concluída. Segundo o engenheiro responsável, Alex Matias a parte de pavimentação está quase toda concluída, restando apenas os trechos de aproximadamente 300m onde foram implantadas galerias em dois córregos que cortam a rodovia e um trecho de recapeamento no distrito de Silvolândia, além da drenagem e sinalização. A previsão é que a obra seja entregue no final de janeiro.

Joilson Francelino, Subcom

Foto: Saul Schramm 

Fonte: Governo MS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO DO SUL

Representantes da CGE farão palestra sobre PMSI e LGPD em encontro estadual

Publicados

em


Representantes da Controladoria-Geral do Estado de Mato Grosso do Sul (CGE/MS) foram convidados a participarem do 19º Encontro Anual da Coordenadoria Estadual de Controle Avaliação e Auditoria que será realizado de 1º a 3 de dezembro, a partir das 13h30, virtualmente.

A abertura oficial ficará por conta do assessor da CGE e coordenador do Programa MS de Integridade (PMSI), João Francisco Arcoverde Lopez. A palestra com o mesmo nome do programa vai tratar sobre a cultura da integridade e ética no serviço público; apresentar algumas ferramentas de prevenção a fraudes e à corrupção; transparência, eficiência e qualidade no meio público.

João Arcoverde conta que esclarecer sobre um assunto tão complexo e importante sempre é desafiador. “O PMSI é árduo e dinâmico, pois não tem fim. É importante não só os profissionais, mas toda a sociedade entender a dimensão e os reflexos positivos que ele pode trazer para a gestão pública”, afirma.

Após o intervalo, quem compartilhará dos conhecimentos sobre a Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais será a auditora do Estado da CGE/MS, Rosely Pereira Maia, com a temática “LGPD no âmbito do Poder Executivo Estadual”, que contará ainda com a participação auditora de Serviços de Saúde da Secretaria de Estado de Saúde (SES/MS), Nara Luzia Silveira Coelho.

O conteúdo que será abordado faz parte da Cartilha LGPD, elaborada pelo “Comitê de implementação e adequação à LGPD em Mato Grosso do Sul” – criado em fevereiro de 2021 – e composto por integrantes da Secretaria de Estado de Administração e Desburocratização (SAD), Procuradoria-Geral do Estado (PGE) e Superintendência de Gestão da Informação (SGI) no qual Rosely preside a equipe.

A auditora aponta que a implantação da LGPD ocorre ao longo do tempo. “Os servidores ainda estão conhecendo os detalhes por ser uma lei relativamente nova. Sendo assim, são fundamentais a adesão e o conhecimento de todos, pois o poder público é o maior acumulador de dados e na área da saúde não é diferente”, pontua.

No segundo dia, os trabalhos começam com a palestra “Efeitos da covid-19 sobre as pessoas” ministrada pelo psiquiatra Juberty Antônio de Souza. Logo após, será a vez da enfermeira e doutora em Ciências, Letícia Yamawaka de Almeida falar sobre “Práticas de Saúde Baseada em Evidências e Política informada por Evidências”.

O encerramento das atividades ficará por conta do escritor e procurador do Estado do Paraná, Hamilton Bonatto, que discorrerá sobre “Lei nº 14.133 – principais Mudanças”. Confira aqui a programação completa.

Karla Tatiane, CGE

Fonte: Governo MS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO DO SUL

MAIS LIDAS DA SEMANA