TRÊS LAGOAS

ECONOMIA

Viver de verdade é viver com um propósito

Publicados

em


source
Janguiê Diniz - Fundador e Presidente do Conselho de Administração do Grupo Ser Educacional - Presidente do Instituto Êxito de Empreendedorismo
Divulgação

Janguiê Diniz – Fundador e Presidente do Conselho de Administração do Grupo Ser Educacional – Presidente do Instituto Êxito de Empreendedorismo

Uma das grandes perguntas existenciais que muitas pessoas se fazem é “O que eu estou fazendo neste mundo?” Esse é um questionamento que também traz, por vezes, medos, inseguranças e dúvidas. No entanto, é descobrir a resposta para a pergunta que dá sentido à vida. Afinal, todos temos um propósito, basta descobrir qual é e persegui-lo.

Quando se fala em descobrir um propósito, pode parecer algo distante e difícil de encontrar. No entanto, não precisa ser. É necessário, na verdade, refletir e observar os rumos que sua vida tem tomado e os que você quer tomar. A partir daí, fica mais fácil entender ou desenvolver sua meta de vida. Não esquecer: todos viemos ao mundo com uma missão. Um sonho pelo qual se sente motivado. Aquilo que causa inquietação e faz levantar todos os dias.

Uma vida que não é dedicada a um objetivo não tem grande sentido, e este sentido maior é o verdadeiro propósito da existência. É esse propósito que irá orientar decisões, influenciar comportamentos e auxiliar a definir metas e ter um senso de direção, de modo a criar mais significado na vida. É sempre bom ter em mente que o propósito pode transformar seu mundo ou o mundo de alguém.

Muitos indagam como é possível encontrar o propósito. Ora, cada pessoa passa por um processo específico e diferente para tal. Alguns já o conhecem desde novos, enquanto outros demoram um pouco mais. Há vários componentes do propósito, como aspirações pessoais, crenças, valores e desejos. Tudo deve ser movido pelo sonho de deixar algum legado para a sociedade, uma marca no mundo.

Ampliando a análise, pode-se até dizer que não existe apenas um propósito para cada pessoa. Alguns têm um grande objetivo e conseguem concretizá-lo, podendo, daí, partir para outro. Assim, vai-se buscando novos sentidos para a existência e metas a serem alcançadas. O importante é não parar, pois, aí, começa a morte. Não ter um propósito é não ter um rumo.

A vida pode ser uma longa e prazerosa jornada, apesar de todos os percalços que se apresentem pelo caminho. Quando há um objetivo maior, uma motivação realmente forte, torna-se algo mágico e motivador, que faz enfrentar tudo e todos e suportar as adversidades. Isso é viver de verdade.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ECONOMIA

Caminhoneiros prometem greve em novembro se governo não baixar preço do diesel

Publicados

em


source
Caminhoneiros prometem greve em novembro se governo não baixar preço do diesel
Reprodução/CNN

Caminhoneiros prometem greve em novembro se governo não baixar preço do diesel

Alguns  grupos de caminhoneiros prometeram, após reunião no Rio de Janeiro, uma nova paralisação a partir de 1º de novembro caso suas reivindicações não sejam atendidas pelo governo federal, entre umas das principais está a queda do preço do diesel. No encontro, associações de motoristas decidiram declarar “estado de greve” de 15 dias caso as reinvidicações não sejam ouvidas. As informações foram publicadas pelo ‘portal uol’.

Além da reivindicação para diminuir o preço do diesel, os caminhoneiros reivindicam também a “defesa da constitucionalidade do Piso Mínimo de Frete” e o retorno da aposentadoria especial após 25 anos de contribuição ao INSS.

“Ficou decidido que vamos dar 15 dias para o governo responder”, declarou Luciano Santos Carvalho, do Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens da Baixada Santista e Vale do Ribeira.

“Se não houver resposta de forma concreta em cima dos direitos do caminhoneiro autônomo, dia 1º de novembro, Brasil todo parado aí”, completou, em um vídeo feito após a reunião no Rio e que já circula pelas redes sociais.

A greve não é apoiada pela Abcam (Associação Brasileira dos Caminhoneiros). Os grupos de caminhoneiros autônomos têm ensaiado novas paralisações desde o primeiro semestre, em meio a reivindicações de direitos para os motoristas independentes e diminuição do preço do diesel.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO DO SUL

MAIS LIDAS DA SEMANA