TRÊS LAGOAS

AGRONEGÓCIO

CNA analisa portaria que regulamenta Cadastro Nacional da Agricultura Familiar

Publicados

em


Brasília (24/11/2021) A Comissão Nacional de Empreendedores Familiares Rurais da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) se reuniu, na quarta (24), para propor sugestões de melhorias operacionais para a implementação do Cadastro Nacional da Agricultura Familiar (CAF).

O CAF vai substituir a Declaração de Aptidão ao Pronaf (DAP) de forma gradativa. De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o novo sistema entrará em funcionamento no dia 31 de dezembro de 2021. Saiba mais.

Os requisitos e procedimentos para inscrição no modelo de cadastro estão na Portaria SAF/MAPA nº 242/2021, que foi analisada pelos membros da Comissão durante a reunião. As sugestões serão encaminhadas em um documento para a Secretaria de Agricultura Familiar e Cooperativismo (SAF) do ministério.

O CAF irá aprimorar e aperfeiçoar os mecanismos de identificação do público da agricultura familiar, a qualificação das Unidade Familiar de Produção Agrária (UFPA) e os empreendimentos familiares rurais.

Segundo a assessora técnica da CNA, Marina Zimmermann, o documento é requisito básico para o acesso do produtor rural às políticas públicas voltadas para a agricultura familiar.

“É importante que os agricultores familiares continuem participando das ações que promovam a geração de renda, a melhoria de seus sistemas produtivos e a comercialização de seus produtos”, disse Marina.

Com a transição do sistema, o Ministério da Agricultura prevê treinamentos com representantes da rede cadastradora. A capacitação da primeira turma, totalmente online e composta por membros das federações de agricultura dos estados, terá início no dia 29 de novembro, com carga de 20 horas.

Assessoria de Comunicação CNA
Telefone: (61) 2109-1419
flickr.com/photos/canaldoprodutor
twitter.com/SistemaCNA
facebook.com/SistemaCNA
instagram.com/SistemaCNA
facebook.com/SENARBrasil
youtube.com/agrofortebrasilforte

Fonte: CNA Brasil

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

AGRONEGÓCIO

ARROZ/CEPEA: Com clima favorável, semeadura avança para a reta final

Publicados

em


Cepea, 1º/12/2021 – O cultivo da temporada 2021/22 de arroz em casca está na reta final no Rio Grande do Sul, maior estado produtor. Com o avanço do desenvolvimento das lavouras, colaboradores do Cepea reportaram que orizicultores mostram interesse em depositar o arroz em casca nas unidades de beneficiamento, com intuito de liberar os armazéns para a chegada da nova safra. Indústrias, no entanto, indicam que já têm boa parte do espaço físico comprometida e não há excedente disponível. No spot, a demanda interna não tem apresentado sinais de recuperação consistentes, e boa parte das unidades de beneficiamento relata baixa necessidade de aquisição neste momento. Em meio a esse cenário, os preços seguem enfraquecidos. Nessa terça-feira, 30, o Indicador ESALQ/SENAR-RS do arroz, referente ao cereal de 58% grãos inteiros e pagamento à vista, fechou a R$ 62,95 por saca de 50 kg, com queda de 7,83% no acumulado de novembro. Fonte: Cepea (www.cepea.esalq.usp.br)

Fonte: CEPEA

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

TRÊS LAGOAS

POLICIAL

ENTRETENIMENTO

MATO GROSSO DO SUL

MAIS LIDAS DA SEMANA